Confiram novidades no Lattes: “Projeto de ensino” na aba “produções”!

Uma mudança interessante!
A fim de ampliar a abrangência da Plataforma Lattes e refletir a realidade das Universidades, fundamentada no tripé: Ensino, Pesquisa e Extensão, pesquisadores que atuam com avanços educacionais agora podem incluir, no Currículo Lattes, sua atuação não apenas em projetos de pesquisa e de extensão como também em projetos de ensino.
Leia mais aqui:
Aos poucos vai ficando mais clara a relevância de se manter o equilíbrio entre a valorização do ensino, da pesquisa e da extensão no contexto da atividade universitária.

“Para ser bom professor, é preciso ter compaixão”, segundo ativista indiano

RIO – Um lugar onde o professor aprende, e o aluno ensina. Essa é a ideia do Barefoot College (em tradução livre, “Faculdade de Pés Descalços”), criada há 45 anos pelo indiano Sanjit “Bunker” Roy. Nascido em uma família abastada da Índia, o ativista social e educador mudou sua visão de mundo depois de morar, por vontade própria, por cinco anos em uma vila pobre do país. Depois dessa experiência, decidiu desenvolver uma universidade voltada para aqueles com menos condições.

A Barefoot conecta as comunidades rurais da Índia a energia solar, água, educação, profissões e defesa de direitos. Seus estudantes, principalmente as mulheres das aldeias mais pobres, aprendem, por exemplo, a instalar, construir e reparar painéis solares e bombas d’ água. As comunidades participantes criam um comitê que determina as taxas que os moradores vão pagar pelos painéis e identifica que moradores irão para a faculdade.

Leia mais: https://oglobo.globo.com/sociedade/educacao/educacao-360/para-ser-bom-professor-preciso-ter-compaixao-diz-ativista-indiano-23051077#ixzz5Qt8DnijI

Bunker Roy (Divulgação)

 

Pessoal,

 

Segue o documento organizado pelo Conselho Federal de Medicina a respeito da Formação em Medicina no Brasil. São textos frutos dos conteúdos discutidos no VIII Fórum Nacional de Ensino Médico (realizado nos dias 5 e 6 de setembro de 2017).

Para acessar o material completo, basta clicar na imagem abaixo ou pelo link:

http://www.flip3d.com.br/web/pub/cfm/index10/

CDDE promove OFICINA “CDDE Júnior: conversando sobre as profissões da saúde”

Prezad@s,

No dia 09 de junho deste ano, a Comissão de Graduação (CG) realizou o 3º Fórum da Comissão de Graduação da FMRP-USP.

Nele, os estudantes solicitaram que o CDDE (Centro de Desenvolvimento  Docente para o Ensino) oferecesse momentos/oportunidades para conversar sobre educação com os estudantes.

Desse modo, o CDDE da FMRP-USP gostaria de convidá-los para a Oficina “CDDE Júnior: conversando sobre Educação nas Profissões de Saúde”.

Nessa oficina, teremos uma oportunidade única de falarmos sobre temas como: engajamento do estudante, estratégias de ensino e aprendizagem, integração curricular, avaliação do estudante e dos cursos e a importância que os discentes têm para ajudarem na indução de mudanças e melhorias no currículo dos cursos de graduação da FMRP-USP.

Reserve esta data e participe!

Data: 22 de setembro de 2018

Sábado das 8:30 as 12:30hs

Local: Bloco Didático – Sala 2D

Público alvo: alunos de graduação da FMRP (caso haja vagas, abriremos para outros interessados)

Inscrição: até dia 15/9 preenchendo o formulário:

https://goo.gl/MnDL1f

 

Contamos com sua presença!

Equipe CDDE

 

Membros do CDDE participam da AMEE 2018, em Basel, Suiça

Neste ano, de 25 a 29 de agosto, está ocorrendo em Basel, na Suiça, a AMEE – Association for Medical Education in Europe (https://amee.org/home). Uma importante organização internacional, reconhecida por sua excelência, que promove a discussão sobre a educação nas profissões em saúde.

Segundo informações de seu site, a AMEE desenvolve atividades educacionais, no sentido de divulgar novas idéias, técnicas e abordagens educacionais para o planejamento de currículo, métodos de ensino e aprendizagem, técnicas de avaliação e gestão educacional, em resposta aos avanços da medicina (e outras áreas), mudanças na prestação de cuidados de saúde e demandas do paciente.

No encontro deste ano, participam alguns professores membros do CDDE, como o Prof. Dr. Luiz Ernesto Troncon, o Prof. Dr. Francisco dos Reis, Profa. Dra. Maria Paula Panúncio e o doutorando Matheus Francoy.

Abaixo, algumas imagens:

 

 

 

Simpósio de Graduação – Flexibilização do conhecimento

Na quarta-feira, 22 de agosto, ocorreu o V Simpósio de Graduação da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – FMRP-USP.

O evento, já constante anualmente no calendário didático da FMRP, teve como objetivo fomentar as discussões e apontar caminhos para a melhoria do processo de ensino-aprendizagem na Graduação.

Neste ano, o tema debatido foi a “Flexibilização de conhecimentos para uma formação generalista nas profissões de saúde”.

Para trabalhar tal temática, desde os preparativos, a Comissão Organizadora (composta por representantes da CG, coordenadores e vice-coordenadores de Cursos, representantes discentes, educadores do CAEP) passou por uma capacitação para ajudar na facilitação dos diálogos entre os grupos que se reuniram na manhã do Simpósio.

Durante o evento, docentes de diferentes áreas, estudantes dos vários cursos, membros do CDDE, professores e técnicos que participaram do Módulo Básico e profissionais do CAEP, se engajaram em discutir, com compromisso e qualidade, cada um dos 5 subtemas:

  • Diversidade e peculiaridades dos 7 cursos da FMRP (contou com 41 pessoas)
  • Planejamento Educacional 1: roteiros de aulas (contou com 28 pessoas)
  • Planejamento Educacional 2: Estratégias de ensino e avaliação (contou com 42 pessoas)
  • Flexibilização Curricular 1: revisão e adequação de conteúdos (contou com 34 pessoas)
  • Flexibilização Curricular 2: gestão do tempo, carga horária e autonomia do estudante (contou com 56 pessoas)

Nas rodas de conversas, todos tiveram a oportunidade de emitir suas opiniões, pensar questões, levantar dúvidas, bem como apontar algumas ideias e caminhos para o ensino na Graduação.

Ao final, cada grupo apresentou uma síntese de suas discussões e um algumas sugestões de planos de ação, chamando a atenção para prazos e corresponsabilizando vários envolvidos para as melhorias de processos. A intenção é organizar esse material e criar grupos de trabalho que possam implementar e acompanhar as proposições naquilo que for possível modificar.

O Simpósio contou com  a presença de 201 participantes inscritos(sendo:139  estudantes, 58 docentes e 4 funcionários), além de uma grande equipe de suporte da CG!

Abaixo, seguem algumas imagens do encontro:

 

V Simpósio da Comissão de Graduação

Olá!

A Comissão de Graduação da FMRP-USP realizará, no dia 22/08/2018, o V Simpósio da Comissão de Graduação – “Flexibilização de conhecimentos para uma formação generalista nas profissões da saúde”, cujo folder encontra-se disponível aqui:

Folder Divulgação V Simpósio Graduação

Este é um momento importante onde todos os estudantes e docentes da FMRP-USP podem discutir a graduação em um período reservado pela Instituição para essa atividade, sua participação é importante.

Contamos com a presença de todos!

Faça sua inscrição no link abaixo:

https://goo.gl/forms/mwHdgr5FihisKqfN2

Aos (às) coordenadores (as) de disciplinas:

Tendo em vista tratar-se de atividade importante para todos os cursos da FMRP-USP, e que a data foi reservada nos calendários didáticos de aulas de todos os Cursos para essa finalidade, solicito sua participação ou de seu representante, no evento.

Dessa forma, solicito que responda o formulário de inscrição constante no link abaixo, informando a disciplina que coordena, se virá ao evento e, caso não, indicando um representante que esteja ciente de que participará do Simpósio. No caso de representante, solicito que seja, de preferência, docente ministrante da disciplina e/ou que atue junto à coordenação da mesma.

https://goo.gl/forms/mwHdgr5FihisKqfN2

Cordialmente,

Prof. Dr. Miguel Angelo Hyppolito

Presidente da Comissão de Graduação

Relatório: Balanço sobre ações do CDDE – 1º semestre/2018

É com grande satisfação que divulgamos o Relatório sobre o balanço das ações empreendidas, no primeiro semestre de 2018, pelo CDDE.

Do oferecimento do Módulo Básico até as oficinas e palestras, enfatizamos a importância da permanente formação e atualização da prática docente!

Mais uma vez, agradecemos a todos que estiveram conosco durante o desenvolvimento das atividades, contribuindo com suas reflexões, saberes e atuações!

Para acessar o relatório completo, clique na imagem abaixo:

Prestação de Contas e Balanço CDDE da FMRP FINAL 1sem2018

Participação no 4º Congresso de Graduação USP

Na quarta (4/7) e quinta (5/7), ocorreu 4º Congresso de Graduação da USP, no Auditório do Centro de Difusão Internacional (CDI), Campus Butantã, São Paulo. Estiveram presentes alguns dos membros do CDDE e CAEP – FMRP-USP, discentes de graduação e pós-graduação, assim como a diretora da FMRP, Profª Drª Margaret de Castro, em um dos dias.

O Congresso compartilhou experiências sobre o tema: Buscando a transdisciplinaridade na construção do conhecimento. Além de palestras, mesas redondas, apresentação de painéis pelos alunos, os educadores do CAEP ministraram uma oficina sobre Estilos de Aprendizagem: compreender para tornar o ensino mais efetivo – a mesma que já foi oferecida na maratona voltada aos docentes e preceptores participantes do Módulo Básico, 1º semestre/2018 do CDDE, na FMRP-USP.

A troca de experiência foi muito rica e uma oportunidade interessante para se refletir sobre a diversidade que encontramos nas turmas para, a partir desse conhecimento, melhor organizar o processo de ensino-aprendizagem.

Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Oficina sobre TBL (Team-Based Learning) e Aula Invertida (Flipped Classroom)

Na terça-feira, 26/6, realizamos mais uma Oficina para auxiliar no desenvolvimento docente. Desta vez, os temas abordados foram: TBL (Team-Based Learnig) e Aula Invertida (Flipped Classroom).

Ao todo, tivemos 25 participantes, entre docentes da UNIFRAN, da UFSCAR, de vários Departamentos da FMRP-USP, assim como médicos e outros profissionais contratados que prestam supervisão aos estudantes.

Organizada pelos professores Valdes Bollela e Francisco Reis, a Oficina foi uma prática de TBL, na qual, os participantes puderam vivenciar as etapas dessa metodologia ativa de ensino, aprendendo sobre cada uma delas e experimentando o processo sob o ponto de vista do aluno.

Abaixo, seguem algumas imagens do encontro:

Para saber mais sobre a metodologia Team-Based Learning (TBL), disponibilizamos um artigo produzido por Valdes Roberto Bollela, Maria Helena Senger, Francis S. V. Tourinho e Eliana Amaral, que está divulgado na Revista Medicina (nº 47, ano 2014). Clique aqui ou na imagem abaixo: